Já viu esse aqui?

30 agosto, 2016

O que aconteceria se.. tivessem feito uma comédia sobre Punho de Ferro e Luke Cage na década de 1970???

R.I.P
Gene Wilder (1933-2016)
Richard Pryor (1940-2005)

Vi a imagem num post do +CR Clima 

Um pai cheio de boas intenções...

E Charlie Brown finalmente conseguiu abraçar uma garotinha ruiva...


Estilo, Charlie Brown! Estilo!


25 agosto, 2016

Querendo atenção...

Red Sonja, a mulher-demônio com a espada!




É uma estatueta lindíssima! 50cm de altura!!!
O problema é pagar cerca de US$ 750 (já com frete para o Brasil). Está em pré-venda e será lançada entre outubro e dezembro/2016.
Mas se você é um nerd abonado, o link é esse aqui:

24 agosto, 2016

Afinal, de onde veio esse penteado da Princesa Leia Organa?

Não há quem não estranhe o penteado da princesa Leia, concorda? Mas de onde vieram aquelas espécies de trança torcidas em disco nas laterais da cabeça?

A versão oficial de George Lucas é essa:
“No filme de 1977, eu estava trabalhando duro para criar algo diferente que não era fashion, então eu escolhi um visual de uma espécie de ‘Pancho Villa’ feminina, uma mulher com um aspecto revolucionário. Os ‘montes’ de cabelo dos dois lados da cabeça são característicos da virado do século XX, no México.”  
Pancho Villa foi um revolucionário mexicano do início do século XX. Essas mulheres a quem Lucas se refere eram revolucionárias desse movimento, chamadas adelitas. Tradicionalmente, os sites que discutem o tema apresentam essa imagem como sendo de uma dessas adelitas:
Contudo, algumas pessoas alegam que as adelitas, combatentes da revolução, não teriam nem razão nem tempo para um penteado tão elaborado. Na verdade, se trata de uma índia americana da tribo Hopi, nativa do Arizona, um estado fronteiriço ao México. 
De toda forma, esse penteado Hopi é um penteado tradicional de casamento e que simboliza a fertilidade entre aquelas ameríndias.
Preparando-se para casar!
De toda forma, assim como já comentei em outras ocasiões, a inspiração de Lucas pode ter vindo dos quadrinhos, de uma memória subconsciente. E temos duas candidatas para tanto: Bárbara Gordon, em sua primeira aparição (Detective Comics #359, 1967), e a Princesa Frígia, no traço do genial Alex Raymond, em aventura de 1939 de Flash Gordon.
Bárbara Gordon, nossa heroína bibliotecária, com o penteado de Leia mais de 10 anos antes.
janeiro/1967


Vejam o penteado no espaço, cerca de 40 anos antes de Guerra nas Estrelas



Jedis e Siths lutariam por essas jóias!




Mulher-Gato

Salvamento... seletivo!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...